Criola

Artigos | Notícias - 22/abr/2017

Manifestação exige justiça para vítimas de confrontos armados no RJ

Descrição da imagem - com Jardim Digital

Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterEmail to someone

Ato Acorda MP. Mães e familiares de vítimas do estado do Rio de Janeiro realizaram ato contra a inércia das investigações sobre as mortes ocorridas em abril de 2017. Em frente ao Ministério Público Estadual RJ, mulheres exigiram justiça para crianças, adolescentes, jovens, mulheres, tod@s negros, assassinados no Rio de Janeiro.

 Em carta aberta, profissionais, estudantes e moradores de Manguinhos, Jacarezinho, Maré, Rocinha e Cerro-Corá repudiam a violência armada nas favelas do RJ. Representantes da Comissão Contra a Violência na Favela, Movimento Popular de Favelas e do Conselho Comunitário de Manguinhos, pedem reunião com o Governador e o Secretário de Segurança Pública, além de uma audiência pública sobre recentes confrontos armados e ações violentas no território de favelas que resultaram em mortes, lesões por armas de fogo e agressões físicas. A íntegra do documento está em http://www.falamanguinhos.com.br/index.php/2017/04/17/cartaaberta/