Criola

Destaque | Notícias - 26/nov/2018

Criola realiza oficinas sobre os efeitos do Racismo Institucional nos escritórios da Thoughtworks Brasil

Entre os dias 19 e 23 de novembro, Criola realizou no Recife (Pernambuco) a terceira edição de uma série de oficinas a convite da Thoutghtworks Brasil. A empresa de software convidou a ONG para colaborar com o debate sobre a ampliação da participação de negras e negros na empresa. A iniciativa pretende, através de metodologia participativa, tratar dos efeitos do racismo institucionalizado que impede pessoas negras da possibilidade de acesso a postos de trabalho e progressão profissional, em especial na área de TI.

A TW vem se destacando por iniciativas que incidem diretamente sobre a inclusão de negros e negras na empresa, com ações como o ENEGRECER (Recrutamento expresso  para pessoas negras -, apoiando o Afropython (organizado pelos funcionários negros e negras de Porto Alegre), em diálogo com um dos pilares da empresa.

Os encontros têm por objetivos: sensibilizar as equipes da Thoutghtworks, dos escritórios das cidades do Recife, Belo Horizonte, Porto Alegre e São Paulo sobre os efeitos do racismo como estruturante da sociedade brasileira e como elemento organizador das relações sociais no país, contribuindo para a ampliação das ferramentas de análise e  compreensão dos efeitos do racismo e seus mecanismos de ação. Com isso, a parceria busca fomentar mudanças na empresa para a ampliação da diversidade racial no quadro de funcionários, em instâncias de participação e decisão.