Criola

Notícias - 18/mar/2018

Criola pede justiça para Marielle no programa Globo Comunidade RJ

Descrição da imagem - com Criola Admin

Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterEmail to someone

Neste domingo, 18 de março, Mônica Cunha, integrante de Criola participou do programa Globo Comunidade RJ (TV Globo).  Como mulher, mãe, negra e ativista na ONG que há 25 anos é referência dentro e fora do Brasil, Mônica debateu com Andreza Jorge (Casa Mulheres da Maré) e Marcus Faustini (Redes para Juventude) sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco, ocorrido no último dia 14 deste mês.

“Marielle deixava muito claro em sua fala: sou mulher negra, sou favelada e luto por direitos humanos”, ponderou Mônica. Uma voz que não será calada e por quem pedimos justiça. O programa reforçou, ainda, os altos índices de violência no país, especialmente contra mulheres negras e as entrevistadas ressaltaram que a impunidade não pode persistir nesses casos.

A voz de Marielle Franco não foi silenciada, ela é a nossa voz. Vamos resistir e, como Mônica lembrou, “todas as mulheres são Marielle neste momento, principalmente as mulheres negras”. Seguiremos na luta

Assista aqui ao programa na íntegra.