Criola

Destaque | Notícias - 03/out/2017

Criola realiza curso sobre mecanismos internacionais de direitos humanos

Descrição da imagem - com Viviane Gomes

Share on FacebookGoogle+Tweet about this on TwitterEmail to someone

Carlos Quesada é diretor executivo do Instituto Raça e Equidade (Race and Equality) – uma organização que trabalha com capacitação e formação de ativistas e organizações afrodescendentes nas Américas fortalecendo suas habilidades de luta contra as discriminações de raça e gênero. Ele está ministrando em Criola, Rio de Janeiro, o curso “Mecanismos Internacionais em Direitos Humanos, incidência política e enfrentamento do racismo, do sexismo e da lesbofobia”. Carlos conta que o instituto tem uma longa parceria com Criola e Geledés e a partir desse relacionamento surgiu a ideia desse curso. O objetivo é informar ativistas e organizações que existem instrumentos internacionais para o enfrentamento à discriminação racial e LGBT que vão além das fronteiras nacionais. O programa é composto temas como sistema universal de direitos humanos, formas contemporâneas de racismo e discriminação racial, racismo estrutural e importância de incidência política e litigância estratégia. “É preciso ‘devorar’ a convenção e usar de estratégia para acionar mecanismos internacionais de direitos humanos para enfrentar o racismo”, diz.