Criola

Destaque | Notícias - 13/nov/2020

Criola contrata Coordenadora(o) de Comunicação

Estamos buscando uma(o) Coordenadora(o) de Comunicação para desenvolver e implementar estratégia e planos de comunicação (institucional, por programa e por projeto); fazer a gestão da marca e da identidade pública da Criola de acordo com manual de uso da marca, inclusive no trabalho em rede com parceiros; fazer a gestão dos canais digitais e redes sociais (Facebook, Twitter, IG, YouTube) (interface projetos + TI), incluindo website e plataforma Alyne e a respectiva produção e edição de conteúdo audiovisual, desenvolvimento de hashtags  e campanhas online; e monitorar e relatar indicadores e métricas de alcance e interação nas redes sociais.

Estará ainda sob a responsabilidade da(o) Coordenadora(o) de Comunicação assessorar e atender a imprensa, incluindo a gestão do relacionamento com jornalistas e redações, proposta de pautas, produção de press release e defesa da marca diante de possíveis crises de imagem; apoiar o desenvolvimento e implementação de campanhas de mobilização e engajamento, inclusive relacionamento com influenciadores digitais; cobrir e coordenar a divulgação de eventos, publicações e outras ações de Criola (inclusive com rede de parceiros); contratar e acompanhar serviços e fornecedores de comunicação como designers, programadores, equipes de audiovisual etc; e apoiar campanhas de mobilização e outras atividades públicas realizadas por Criola.

A(o) candidata(o) se reportará à Diretora Executiva.

É requisito para ocupar a posição que a(o) candidata(o) tenha no mínimo 7 anos de experiência em comunicação institucional e/ou de projetos sociais em temas relacionados; boa redação (textos institucionais, roteiros, divulgação de eventos); conhecimento da dinâmica e funcionamento de redes sociais para planejamento estratégico; noções de assessoria e atendimento de imprensa; criatividade, autonomia e responsabilidade; e flexibilidade para viajar por períodos curtos e participar de eventos fora do horário comercial.

É desejável que a(o) candidata(o) tenha noções de inglês e/ou espanhol.

A(o) candidata(o) deve ter capacidade analítica, pensamento crítico e experiências ativistas, acadêmicas e/ou profissionais em justiça racial, justiça reprodutiva, questões de gênero e direitos humanos terão mais familiaridade com debates e questões rotineiras neste trabalho.

Experiências prévias em organizações da sociedade civil em temas como saúde pública, gênero e raça são um diferencial. É essencial o conhecimento do mundo da filantropia de justiça social.

Atuar no Rio de Janeiro, sede de Criola. Jornada de 40 horas por semana (Integral). Oferecemos contrato de trabalho em regime PJ.

Enviar CV e carta de intenção via e-mail para [email protected] com o assunto “CRIOLA – COORDENADORA DE COMUNICAÇÃO”.

Não serão consideradas candidaturas sem as informações solicitadas ou enviadas por outros meios.

O prazo final para apresentação de candidaturas é 15 de novembro de 2020, 23:59 (horário de Brasília)

Garantimos sigilo absoluto sobre a candidatura.

“Criola prioriza a contratação de mulheres negras (cis e trans) e homens negros trans como mecanismo para minoração de iniquidades e promoção de isonomia no mercado de trabalho. Assim incentivamos fortemente estas candidaturas, não obstante, não vedamos a candidatura de outros grupos identitários.”

Criola é uma organização da sociedade civil com mais de 25 anos de trajetória na defesa e promoção dos direitos das mulheres negras. Fundada em 1992, a organização atua na construção de uma sociedade onde os valores de justiça, equidade, solidariedade são fundamentais. Durante quase três décadas, a Criola reafirma que a ação transformadora das mulheres negras é essencial para o bem viver de toda a sociedade brasileira.