Criola

Destaque | Eventos - 16/mar/2021

Criola debate violência política contra ativistas e parlamentares negras em evento on-line dia 19/03

A atuação das mulheres negras pelo Bem Viver, pela democracia e com direitos constrói um legado político para a transformação do cenário político-institucional. Mas a presença e disputa da composição do estado e dessa agenda, contudo, sempre foi de enfrentamento das violências políticas que mostram a cara do racismo patriarcal cisheteronormativo.

A conjuntura de perdas democráticas dos últimos anos levou o Brasil ao segundo lugar no ranking mundial de assassinatos de ativistas de direitos humanos. Segundo novo relatório da ONU, uma pessoa foi morta a cada oito dias entre 2015 e 2019. Essa violência política está muito presente no cotidiano de candidatas e parlamentares, principalmente de mulheres negras, trans e cis, como é o caso dos recentes ataques virtuais e físicos a Samara Sosthenes, Carolina Iara e Erika Hilton.

Para aprofundar esta temática urgente, Criola e o Instituto Búzios participam dos 21 Dias de Ativismo contra o Racismo com a atividade Pela democracia e Bem Viver, basta de racismo e de violência política. O evento on-line, no dia 19/03, às 18h, que contará com mediação de Lúcia Xavier e presença de Luciene Lacerda, irá debater:

– O histórico das lutas contra a violência na arena política institucional impulsionadas pelos movimentos negros, em especial pelo movimento de mulheres negras;

– Conceitos e aspectos da violência política contra defensoras de direitos humanos, em especial, mulheres negras cis e trans eleitas no último pleito eleitoral;

– Atribuições de órgãos estatais e contribuições da sociedade para exigir proteção, dignidade e direitos de ativistas e parlamentares.

Sobre os 21 Dias

“21 Dias de Ativismo Contra o Racismo” trazem uma série de eventos organizados de forma autônoma pela passagem do dia 21 de março – Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial. A data foi estabelecida pela ONU em referência ao  massacre de Shaperville, em 1960, durante o regime racista do Apartheid, na África do Sul, quando 69 ativistas que protestavam de forma pacífica foram assassinados. Realizado desde 2017, o evento “21 Dias de Ativismo Contra o Racismo” se propõe a manter vivas as conquistas históricas e atuais do movimento negro, além de ampliar as discussões sobre o que ainda é necessário avançar.

Pela democracia e Bem Viver, basta de racismo e de violência política
Evento on-line | 21 Dias de Ativismo contra o Racismo
Data:
19/03/2021, às 18h
Transmissão via canal de Youtube de Criola e redes sociais dos 21 Dias
Conheça os participantes e inscreva-se aqui.

ATENÇÃO: 
A atividade será transmitida no áudio original pelas redes sociais. A tradução inglês-português estará disponível via Zoom, apenas para inscrições antecipadas via formulário no site acima.