Criola

Destaque | Eventos | Notícias - 07/ago/2020

Criola-On: Ocupação de Pretas para celebrar a vida das Mulheres Negras

Neste sábado 08, acontece o “Criola-On: ocupação de pretas”, um evento para marcar não apenas o Dia de Tereza de Benguela, o Dia da Mulher Negra Latino Americana, Caribenha e da Diáspora e o Dia da Mulher Africana Continental e Diaspórica celebrados no fim de julho, mas sobretudo, para potencializar a humanidade das mulheres negras que, nesta pandemia, seguem ainda mais invisibilizadas.


A partir da constatação da invisibilidade das mulheres negras diante das múltiplas funções (cuidado com a família, tarefas de casa, trabalho e ação política) no contexto de pandemia , surge o “Criola-On”. O objetivo é que nós mulheres possamos nos sentir acolhidas ao festejarmos a vida, em prol da exaltação da beleza, da alegria e do bem viver. A ideia é reunir mulheres negras – mesmo que virtualmente – em prol do afeto e aquilombamento, servindo de fôlego para as lutas diárias que enfrentamos.

Criola – uma organização da sociedade civil em defesa e promoção dos direitos das mulheres negras -, com esse evento fortalece a luta ao mesmo tempo em que reforça a necessidade do cuidado com a nossa saúde . Por isso, o encontro, que está com uma programação de 8 horas de duração no Youtube (ongcriola), traz cinema, performance, poesia, gastronomia, dança e muita música. Afinal, a arte e a fartura são valores civilizatórios africanos herdados pela população negra no Brasil.

Idealizado também por, Flávia Oliveira, Fernanda Lopes, Jurema Werneck e Thula Pires, curatoriado e produzido por Sol Miranda e Aliny Ulbricht, com produção externa de Patrícia Rodrigues, o encontro objetiva ser um respiro para mulheres negras: “A ideia é que essas mulheres saiam potencializadas de vida”, disse Lúcia Xavier. Por isso, as idealizadoras, juntamente com a jovem senegalesa Fatou, lerão contos de Conceição Evaristo, e a própria escritora passará pelo evento trazendo um pouco de sua literatura.

Apresentado por Sol Miranda, o evento contará com muitas formas de arte. As atrizes Vilma Melo e Luiza Loroza apresentam suas performances comentadas pela crítica teatral e pesquisadora Aza Njeri. Em “Afeto e fartura”, a cineasta Yasmin Thayná discute aspectos de seu filme “Fartura” ao lado de Fabíola Machado, vocalista do Moça Prosa, que vem com pérolas do samba, enquanto a Dida, do Bar da Dida, prepara um prato típico da culinária negra, uma forma de exaltar a cozinha não como um lugar de opressão e obrigações, mas sim de cuidado e nutrição afetiva.

As pequenas também não ficam de fora, a programação conta com a presença de Mc Sofia, Negra Rosa e Pretinhas Leitoras, apresentadas por Maria Ambrósia. No quadro “Mulher na tela”, os curtas “Minha história é outra” de Mariana Campos, “Jéssika” de Galba Gogoia e “República” de Grace Passô são exibidos e, após, comentados pela diretora, roteirista e atriz Natara Ney. A atriz Juliana Alves entrevistará Lucia Xavier e Jurema Werneck, num bate papo sobre memória e afeto, aspectos que norteiam a relação de Juliana e a CRIOLA. A abertura do evento contará com as Iyalorixas Mãe Meninazinha de Oxum e Wanda de Omolu e a Pastora Nilza Valéria.

E, se estamos falando de celebração à vida, a música não pode faltar. As cantoras Luellem de Castro, Tuany Zanini e Larissa Luz vão embalar a todes no quadro “Mulheres com M de Música”. Após o encerramento do evento no youtube, o “Criola-On: Ocupação de Pretas” vai ocupar a live de Tereza Cristina para o fechamento em grande estilo com a sambista considerada a “Rainha das Lives”.

Mulheres negras são a base vital da sociedade brasileira e homenageá-las é quebrar a invisibilidade, produzir afeto e criar aproximação. Comungando a potência do viver, celebrar a existência e a humanidade dessas mulheres é trazer ânimo e força para que continuem firmes, fortes e poderosas.

Idealização: Flávia Oliveira, Fernanda Lopes, Jurema Werneck, Lucia Xavier e Thula Pires

Curadoria: Aliny Ulbricht, Jurema Werneck, Lucia Xavier, Sol Miranda e Thula Pires

Coordenação de Produção: Aliny Ulbricht

Produção técnica: Patrícia Rodrigues

Texto Conceitual: Aza Njeri

Designer e Programação Visual: Giulia Santos

Direção Artística: Sol Miranda

Cenário de Apresentação: Raphael Elias

Técnico de cenário: Thiago Viana

Técnicos de Plataforma: Antônio Consciência e Eduardo Baptista

Equipe Criola
Direção geral: Lucia Xavier

Coordenação de Projetos: Lia Maria Manso e Mônica Carvalho

Equipe de Projetos: Ana Clara Xavier e Marina Ribeiro

Assessoria de Comunicação: Thais Zimbwe

Assistente Administrativo: Luceni Ferreira