Criola

Artigos | Destaque | Notícias - 14/jul/2021

Dia 16/07, Criola realiza sarau ‘Celebração e Luta’ em homenagem ao mês da Mulher Negra Latino-Americana, Caribenha e da Diáspora

Evento será transmitido pelo Instagram de Criola no próximo dia 16, às 19h, e contará com a participação de artistas e ativistas negras 

Para celebrar o mês da Mulher Negra Latino-Americana, Caribenha e da Diáspora, Criola reúne virtualmente ativistas e artistas negras no ‘Sarau Celebração e Luta’. A live no Instagram acontece no próximo dia 16 de julho, sexta-feira, e pretende homenagear o legado e a contribuição da mulher negra para uma sociedade com mais arte e justiça.

Com apresentação e mediação de Lúcia Xavier, coordenadora geral da organização, a live vai intercalar a participação de convidadas com arte, memória e posicionamento político sobre os atuais desafios e conquistas das mulheres negras.

Entre as confirmadas, estão Conceição Evaristo, romancista, poeta e contista, Jurema Werneck, diretora-executiva na Anistia Internacional Brasil e uma das fundadoras de Criola, Dandara Rudsan, coordenadora do Coletivo Amazônico LesBiTrans e pesquisadora da Artigo 19, Gênesis, do Slam das Minas, e Anazir Maria de Oliveira (Dona Zica), pioneira na luta por direitos das trabalhadoras domésticas.

“A luta das mulheres negras vem de longa data e espelha o esforço de  transformação da vida da população negra em  contextos de violência e sofrimento. O evento será um presente para mulheres negras nesses tempos de crises e perda de direitos. Pois, ‘eles combinaram de nos matar e nós combinamos de não morrer'”, afirma Lúcia Xavier.

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana, Caribenha e da Diáspora, 25 de julho,  surgiu em 1992 em encontro de mulheres negras em Santo Domingos, na República Dominicana. Na ocasião, elas criaram uma rede para pressionar a Organização das Nações Unidas (ONU) a assumir a luta contra as opressões de raça e gênero. No Brasil, é dia também de relembrar a história de Tereza de Benguela, líder quilombola símbolo da resistência contra a escravização.

Veja a lista completa de convidadas:

Conceição Evaristo – Romancista, poeta e contista
Jurema Werneck – Diretora-executiva da Anistia Internacional Brasil e uma das fundadoras e associadas de Criola
Anazir Maria de Oliveira (Dona Zica) – Pedagoga, assistente social, líder comunitária pioneira na luta por direitos das trabalhadoras domésticas e associada de Criola
Dandara Rudsan – Coordenadora Executiva do Coletivo Amazônico LesBiTrans e coordenadora do Coletivo Amazônico LesBiTrans e pesquisadora da Artigo 19
Alessandra Ramos – Presidente do Instituto Transformar Shélida Ayana e membro da Rede Afro LGBTI Latino Americana e Caribenha.
Thula Pires – professora de Direito da PUC-Rio, coord. do NIREMA e associada de Criola
Gênesis – Poeta, contadora de histórias, atriz e slammer/Slam das Minas RJ
Maiah Lunas – Militante do movimento de mulheres negras, pesquisadora do LAN/ UFF e associada de Criola
Fabíola Machado – Produtora cultural, autora e cantora nos grupos Awuerê e Moça Prosa
Marcelle Esteves – Coordenação Ampliada do Fórum Estadual de Mulheres Negras e Articulação Brasileira de Lésbicas
Nilza Valéria – Coordenadora da Frente Evangélica pelo Estado de Direito.


SERVIÇO

Live: Sarau de Criola: ‘Celebração e Luta’
Data: 16/07/2021, 19h
Instagram: @ongCriola