Criola

Notícias - 18/maio/2022

Observatório Direitos Humanos Crise e Covid-19 lança pesquisa sobre Educação e Pandemia

A pandemia trouxe diversos desafios para as mulheres negras, entre eles, as mudanças pelo qual o sistema de educação passou no período, como a implantação do modelo remoto na educação, adotado para o ensino de crianças e adultos. Para analisar este cenário e elencar os principais impactos da pandemia no campo da educação pública, o Observatório de Direitos Humanos – Crise e Covid-19, iniciativa cofundada por Criola, lançou a pesquisa “Educação e Pandemia”.

O estudo indica que a suspensão das aulas em todo o país veio acompanhada por uma falta de ações de políticas públicas por parte do Governo Federal. O Ministério da Educação (MEC), responsável pela pasta, não apresentou soluções para os problemas que se apresentaram no período. Isso significou perdas significativas no aprendizado dos alunos, além do aumento dos índices de evasão escolar e redução dos anos de escolaridade e crescimento das desigualdades educacionais.

A ausência de políticas públicas voltadas a atender as demandas e necessidades dos estudantes e profissionais da educação, que aumentaram consideravelmente no período, fez com que muitas crianças e adolescentes acabassem perdendo o ano escolar. A falta de acesso à internet de qualidade, ao computador ou um aparelho que viabilizasse o modelo remoto, além de espaço adequado para os estudos, foram alguns das necessidades não respondidas pelo governo. 

Além dos desafios enfrentados pela população, a pesquisa também traz uma análise sobre como a falta de ações do Governo Federal acabaram contribuindo para o agravamento do problema no país, além de dados inéditos sobre o tema. Para ler o conteúdo completo, clique e acesse a Pesquisa Educação e Pandemia.

 

Conheça também:

Livro: “Desigualdades, direitos e pandemia”

Estudo: Elas que Lutam – mulheres e a sustentação de vida na pandemia

Informe 1: “Impactos econômicos da pandemia no Brasil: renda, desigualdades e trabalho”

Informe 2: “Pontes para a saída da crise: Orçamento e os efeitos da crise”